Márcio França visita Capão Redondo com Prof. Herbert Melo, liderança da região

Por: Redação | 3 agosto 2020 | 05:58 pm
Ex-governador de São Paulo fez visita ao Capão Redondo, com sua liderança regional.
Foto: Eric Narciso / Eder Lima

Na última terça-feira, 28, o ex-governador Marcio França visitou a região do Capão Redondo, zona sul de São Paulo, acompanhado do prof. Herbert Melo, liderança política atuante nas adjacências e que trabalhou com Marcio no Palácio do Governo, além de ter atuado como Supervisor de Desenvolvimento Econômico e Trabalho na Prefeitura de São Paulo.

Ambos iniciaram a visita na padaria Curitibana, a única da região que funciona 24h. Tomaram um café e conversavam com moradores que chegavam ao local. Muitos deles reclamavam do descaso da Prefeitura de São Paulo com periferia. Segundo o Prof. Emerson, que foi diretor de uma das escolas locais, o que existe é um descaso do Poder Executivo Municipal: “Infelizmente vejo nossa cidade abandonada, essa é a sensação que eu e meus familiares temos”.

A visita continuou nos bairros Jardim das Rosas, Amália e Jardim Irene. Neste último, foram recebidos na Fundação Cafu por Marcelo Morais, irmão mais velho do Pentacampeão. No local Marcio França conheceu toda a estrutura da Fundação, comentou sobre a necessidade de mais creches nos bairros periféricos, principalmente berçários, que, segundo moradores, é a grande demanda da região. Após, se dirigiram até a Vila Fundão, onde passaram na Estação Capão Redondo do Metrô e Márcio foi reconhecido por alguns transeuntes. Foram ainda na casa do Prof. Herbert Melo, onde sua mãe, que é admiradora e eleitora de Marcio França, aguardava-os com algumas lideranças. Herbert comentou sobre a visita do Ex-governador: “Marcio é uma figura pública muito querida, basta avaliar o carinho que todos aqui na região teve com ele. Precisamos de pessoas assim na política e, se eu não o trouxesse aqui em casa, minha mãe não me perdoaria (risos)”.

Márcio avalia que São Paulo não pode parar: “Conversando com as pessoas, notei que precisamos reanimá-las. Temos que retomar as coisas em São Paulo”.

Crédito: Eric Narciso

Veja também

Publicidade